Reeducação alimentar sem neura é possível e eu te conto como

Reeducação alimentar sem neura é possível e eu te conto como

“Com essa dieta, você vai perder x kg em y dias!”

Quem nunca se deparou com essas dietas “milagrosas” – ou até mesmo tentou realizar alguma delas? Ainda há, infelizmente, um senso bem comum de que para emagrecer ou ter uma vida mais saudável, é preciso restringir. Mas restrição não é o conceito que você deve levar para sua vida: reeducação é a chave do sucesso para mudar os seus hábitos alimentares!

É muito difícil – e posso falar até mesmo por experiência própria – manter uma dieta restritiva por muito tempo. Fora o impacto sobre a nossa saúde, já que nem sabemos se estamos nutrindo adequadamente nosso corpo, há um grande baque no nosso emocional. Quando não conseguimos controlar a vontade de comer algo, acabamos exagerando, e, no dia seguinte, chega a culpa e a frustração. Por que viver nesse ciclo negativo?

Nós podemos comer de tudo e, ainda assim, atingir nossos objetivos – tanto o emagrecimento, quanto o ganho de massa muscular e, também, a tão desejada revolução no nosso estilo de vida. E a palavra-chave para alcançar isso sem neuras é equilíbrio! Você não precisa viver comendo o que não gosta, passando vontade ou se culpando por exageros cometidos durante a dieta… O que você precisa é reaprender como comer bons alimentos e como adequar a sua alimentação – e outros hábitos – em prol da sua saúde e qualidade de vida!

O primeiro fator é entender que você não precisa fazer isso sozinho. Busque um profissional para te auxiliar nesse processo de reeducação alimentar. Conte ao seu nutricionista seus hábitos, quais alimentos você mais gosta, quais não gostaria na sua dieta e não se esqueça de conversar sobre acessibilidade: um plano alimentar só é efetivo quando ele é aplicável à nossa realidade, rotina e necessidades!

O segundo é ter planejamento. Muitas pessoas desconsideram o valor de uma rotina, mas ela tem o poder de nos ajudar a organizar todas as nossas tarefas. Estabeleça, junto ao seu nutricionista, horários para as suas refeições, bem como quantidades. Assim, você saberá quando, quanto e o que comer ao longo do seu dia, dificultando as “escapadinhas” com delivery! 

Não se esqueça de que você é humano e, se furar a dieta, não é o fim do mundo! No dia seguinte, continue seguindo seu plano alimentar normalmente, não desista! Também não se apegue à ideia de que só a alimentação resolve tudo: é preciso se exercitar, descansar adequadamente e ter momentos de lazer para descontrair. É a junção dos bons hábitos que constrói, diariamente, uma vida mais saudável!

E não se sinta sozinho! Reeducação alimentar faz bem para sua família toda! Que tal aproveitar momentos juntos na cozinha? Conheça os alimentos, conecte-se à uma alimentação mais natural e ensine aos seus filhos, pais, marido e amigos o quanto isso pode ser benéfico – e divertido.

Reeducação alimentar é sinônimo de comer bem e ser saudável, mas sem abrir mão da sua alegria e prazer à mesa! Vamos comer sem neura!

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.